quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Em paulista-PB: Conheça as cachoeiras e corredeiras do Riacho da Caiçara, um dos afluentes do Piranha e conheça o menino que pesca com as próprias mãos

A reportagem do Paulista em Destak foi conhecer de perto um lugar muito especial do nosso Município de paulista, porém, desconhecido da maioria da nossa população.  Um dos nossos  maiores objetivo era mostrar que o nosso Município tem um grande potencial turístico a ser explorado, basta ter incentivos dos governos.
 



Você vai conhecer agora, através de fotos e vídeos, as cachoeiras do Riacho da Caiçara, um dos afluentes do Rio Piranhas que fica localizado há aproximadamente oito quilômetros da Cidade de Paulista, no Sítio Barra de Caiçara.
O transporte utilizado para chegarmos ao local foi uma moto, enfrentamos muita lama, mas valeu à pena, a paisagem é deslumbrante. De moto e até de carro podemos chegar até trezentos metros do local.
São duas cachoeiras antes do encontro das águas do Caiçara com o Rio Piranhas, a paisagem do ambiente é formada por uma vegetação característica da Caatinga, mas com muita rocha para todos os lados, agente tem que ter muito cuidado ao pisar nas pedras.



Ao chegarmos às cachoeiras, encontramos um garoto muito especial, Rodrigo, (fotos) não só pela sua beleza, mas principalmente pelas habilidades que tem de pescar nessas cachoeiras, ambiente considerado pelos nativos mais experientes, muito perigoso, nesse local já morreu uma pessoa, vítima de afogamento, além de outros pequenos acidentes.  Mas essas estatísticas não assusta o menino que mergulha nas diversas cavernas do riacho e quando sai,  vem  com as mãos cheias de peixes
 
Usando as próprias mãos, Rodrigo consegue pescar vários quilos de peixes em apenas 30 minutos, é inacreditável, mas as fotos e os vídeos são provas autênticas dessa façanha.

A cada mergulho que o garoto dava, eram dois peixes a mais no saco, um em cada mão, às vezes Rodrigo conduzia um dos peixes na própria boca para poder nadar e sair da fortíssima correnteza formada pela queda d’água das corredeiras.
                                                                          
                                                                                            
Rodrigo tem mais duas irmãs e disse que o peixe que pega, ajuda no sustento da família, seus pais são agricultores. Depois de pegar o suficiente para alimentar o resto da família, o garoto pescador segue para casa.
   

Estaremos postando os vídeos desta matéria em breve.

Da redação     

Um comentário:

Joao Lucena disse...

Ola rapaziada do paulista em destaque.Gostei muito desta matéria que busca as belezas do nosso município. Olha que se tivesse um trabalho de divulgação de nossas riquesas regionais, Paulista poderia muito bem entrar em um roteiro turístico. Poque além do rio Temos muitas Serras. Porque os senhores vereadores não criam um projeto de lei do Município para desebvolver essa atividade? Não seria uma Idéia para gerar renda para esta cidade?